VS.

23.10.14






- Estou apaixonado. 

- Outra vez? 
- É uma pergunta? 
- Não, é uma reclamação! É incrível como tu não cansas de sofrer...
- Desta vez é diferente, eu sei. E tu, sempre a reclamar, incrível! Não me admira que continues solteiro. 
- Eu sou inteligente, é diferente. 
- Ah, e eu é que sou burro? 
- Eu não disse que és burro, agora, só não tenho culpa de nunca pensares...
- Olha, tu és um infeliz! Por isso ninguém te quer!
- Ninguém me quer ou eu sei escolher? 
- Escolher quem? A última relação que tiveste... basta olhar a tua condição actual, de solteiro, para saber o que aconteceu. 
- Não fales à toa, tu não sabes de nada. 
- Não sei? Hum deixa ver se acerto: desistiu de ti porque és frio? Controlador? Porque gostas que as coisas sejam apenas do teu jeito? Ou desistiu por tudo de uma vez? 
- Não sejas idiota! Desistiu porque queria. 
- Não posso ficar com alguém que não quer coisa séria. Brincar é no infantário. 
- Foi embora, aliás, foram embora, porque ninguém suporta estar com alguém como tu! 
- Eu sou teu irmão mais velho, e não admito que fales assim comigo! Quem és tu? Tu não passas de um idiota que ainda acredita que mundo é cor-de-rosa, não podes ver uma saia e já te pões com o rabo a abanar, te apaixonas de uma em uma semana, e quando te decepcionam, como é habitual, vens aqui com cara de cachorro molhado. 
- Eu não tenho culpa de ser amoroso? 
- Com amoroso só podes estar a tentar dizer idiota, né! 
- Ah, olha, fica aí sozinho na tua solidão. 
- Olha, meu irmãozinho querido, há diferença entre estar só, e estar carente. 

 Ufa, ainda bem que esse texto acabou! Irmãos e suas diferenças...

Leia Também

1 Comentários

  1. Essa luta constante é que nos deixa mutilados! Sinto falta dos eroticos...:(

    ResponderEliminar

Post's Populares

Gosta do Blog no Facebook

Flickr Images

~